Páginas

Trechos de dois poemas de Álvares de Azevedo...

terça-feira, 5 de outubro de 2010.
Um dia quando eu fui à casa do meu priminho eu li aqueles livrinhos escolares que tem o resumo da obra e o que ele tinha era de Álvares de Azevedo, e a poesia “O Fantasma” me chamou atenção... Por isso dei uma olhada nos poemas dele e peguei outro sobre o mesmo assunto... adoro Álvares de Azevedo....


O FANTASMA
Sou o sonho de tua esperança,
Tua febre que nunca descansa,
O delírio que te há de matar!...

LELIA
Uma noite, aos murmúrios do piano
Pálida misturou um canto aéreo...
Parecia de amor tremer-lhe a vida
Revelando nos lábios um mistério!


Porém, quando expirou a voz nos lábios,
Ergueu sem pranto a fronte descorada,
Pousou a fria mão no seio imóvel,
Sentou-se no divã... sempre gelada!

2 comentários:

A Guardiã disse...

Achei muito legal o seu blog e já estou seguindo...PARABÉNS!!

Te convido para dar uma passadinha no meu...fique a vontade para comentar e participar das promos.

http://guardiadameianoite.blogspot.com

Carpe Noctem!

Lily disse...

Nossa...
A Guardiã deixou um comentário....
muito obrigada!!!!
Boa noite a todos

Postar um comentário

Comente... dê sua opinião e faça uma blogueira feliz :)
Beijos e obrigada!!!!
*-*